Ínicio > Gatos > Saude-felina > Gato gripado: o que fazer?

Gato gripado: o que fazer?

Gato gripado: o que fazer?

Um gato gripado? Isso realmente acontece? A resposta é sim, os gatos também ficam resfriados. E, apesar de ser uma doença respiratória passageira, o quadro pode se agravar se o felino não receber o tratamento adequado. Na maioria dos casos, pode até resultar em uma segunda doença.

Gato gripado: como identificar os sintomas?

A gripe felina é causada por vírus e bactérias e, assim como em humanos, febre, espirros e secreções nasais são os sintomas mais fáceis de detectar. Mas não se engane, apesar dos sintomas serem parecidos, o vírus que deixa o gato gripado não é o mesmo que nos afeta. 

O CRVF, conhecido também como Complexo Respiratório Viral Felino se espalha com facilidade entre os gatos (por meio de espirros), mas é inofensivo para nós e para os cães. Quando estiver resfriado, não há motivo para se preocupar, viu? A nossa gripe não é uma ameaça para os felinos, pois eles são imunes a esse tipo de vírus. 

Os principais sintomas da gripe felina são: 

  • Febre em gato
  • Espirros constantes
  • Falta de apetite
  • Olhos lacrimejando
  • Dificuldade para respirar
  • Coriza
  • Lesões no interior da boca
  • Conjuntivite 

Fique atento aos sintomas e observe o comportamento do gato. Se notar sinais como esses, leve-o ao veterinário para que ele seja examinado.

Como curar gripe de gato?

Como citamos acima, a gripe de gato exige atenção e cuidados especiais, pois, se não for tratada de forma correta, pode causar cegueira e até levar o animal a óbito. Em nenhuma hipótese ofereça remédios que não sejam específicos para felinos e indicados pelo veterinário. Os medicamentos que utilizamos para tratar a gripe são altamente tóxicos para eles. Cuidado!

Se, por algum motivo, você não conseguir levar o gato ao veterinário de imediato, há algumas atitudes que podem ajudá-lo até o momento da consulta, por exemplo:

  • Ajude-o a comer: devido ao estado gripal, será difícil para o felino sentir o cheiro ou o sabor da ração, mas para que o sistema imunológico se fortaleça é muito importante que o animal se alimente. A gripe tem o efeito de inibir a fome, por isso você deve estimular o seu gato a comer. Como não será uma tarefa fácil, indicamos que torne a ração mais atrativa, adicionando um pouco de Max Cat Patê, que possui alta palatabilidade e vai ajudar seu amigo a ter vontade de comer.
  • Ofereça água fresca: a gripe felina causa desidratação de forma muito rápida, por isso é muito importante manter seu gato hidratado.
  • Proporcione calor: é fundamental proporcionar calor nesse momento, seja com um cobertor ou temperatura ambiente.
  • Evite as correntes de ar: faça o possível para bloquear todas as correntes de ar que possam afetar o seu pet, elas pioram o estado de saúde dele.
  • Limpe os olhos e o nariz do felino: utilize gaze e soro fisiológico para limpar áreas como nariz e olhos do gato (é importante utilizar uma gaze para cada região e não a mesma para todas, para evitar contaminação). Dessa forma, seu fofucho poderá respirar e enxergar melhor. Caso a congestão nasal seja intensa, aplique o soro fisiológico na parte interna das narinas. Em alguns casos, há a presença de conjuntivite, você deverá aplicar um colírio receitado pelo veterinário. 
  • Deixe-o descansar: priorize o descanso do felino, sem passeios ou brincadeiras como de costume. Seu corpo está fraco e precisa se recuperar completamente para voltar a ter uma rotina normal.

Prevenção da gripe felina

Para que seu companheiro não sofra com os sintomas da gripe, a prevenção é sempre o melhor remédio. Você pode fazer isso por meio da vacinação do gato — a única forma realmente eficaz para prevenir a gripe felina. A vacina pode ser aplicada a partir de oito semanas de vida, mas uma única dose não basta, viu? A aplicação deve ser feita anualmente. Vale lembrar que a vacina só fará efeito se a saúde do seu pet estiver em dia.

Se tiver mais gatos em casa, o ideal é que o gato afetado pelo vírus não fique em contato com os outros até a completa recuperação. Manter o ambiente sempre limpo e ventilado também é uma forma de evitar a presença do vírus e garantir mais saúde para os felinos!

Escreva um Comentário

Avalie o post: *

Comentários - Gato gripado: o que fazer?

MARIA ALZIRA VERONEZ

Obrigada me ajudou muito saber os sintomas da gripe do gato e realmente é isso que minha gata ta sentindo.

María Iraci torres

Adorei seu comentário.

María Iraci torres

Adorei seu comentário.

Wagner Gusmao

Dedicado amoroso com um coração enorme muito profissional

Albeny

Agradeço muitíssimo!!

Fernanda Feliz

O artigo me ajudou muito Obrigada pelas dicas

Jobel Ferreira Bernardes

Obrigado me ajudou a entender que a gripe de gato e diferente da nossa eu não sabia disso,

Erika Cecília Cardoso de carvalho

Que bom ter um profissional para nós ajudar ,meu gatinho está com todos sintomas da gripe ,,o que li foi muito bom obrigada

Elisabete Aparecida de Oliveira

Nossa vcs me ajudaram muito ...nunca tive gato,agora que tenho tres e estou apaixonada ...mas meu bebe de oito messes ta gripado e descobrir isso atravez do post,foi de grande ajuda,obg vcs sao 10 .

Rosane Martins dos santos

Adorei essa dica

Marisol Salinas

Obrigada pela ajuda ,a minha gata está respirando bastante no momento não posso levar ao veterinário e vou acompanhar a informação de vcs ...

Talita

Obrigada,me tirou todas as dúvidas

Leonardo da Silva Gomes

Vc é a melhor, Muito obrigado

Flávia

Parabéns aos médicos veterinários que cuidam com tanto amor e carinho dos nossos bichinhos bjs

MARIA VERONICA ARCELINO DE OLIVEIRA

Obrigada

Teodorio Longuinho

Muito bom o esclarecimento, fico bastante grato e aliviado com a informações que obtive. Parabens!

Luana

MUITO obrigado pelo conteudo me ajudou muito.

Marlene brzescki

Muito obrigado, tudo isso o meu gatinho pingo esta sentindo, tadinho vou leva no veterinário

Dorvina

Muito obrigada pelas dicas . Realmente o gatinho está assim . Não é meu mas quero ajuda-lo

Roselene

Foi muito útil pra mim,amanhã mesmo vou levar ele ao vetetinario

Margareth Adelina da Silva

Obrigado pelas dicas

Evaldo Ferreira de Araujo

Simples..esclarecedoras e diretas como tem que ser..obrigado.

Simone Giarge

Obrigada pelas dicas, ajudaram muito.

IDAIZA Moraes Rosa

Já levei eles no veterinário mas esse artigo me esclareceu mais ainda.Obrigada

Ester Nunes

Muito obrigada era que eu precisava saber, pois meu bebê está com esse vírus.

Marina Teixeira De Oliveira

Gostei das explicações que recebi aqui sobre a gripe felina

Artigos Relacionados