Ínicio > Cães > Saude > Quais as vacinas de cachorro recém-nascido

Quais as vacinas de cachorro recém-nascido

Quais as vacinas de cachorro recém-nascido

Os cachorros recém-nascidos são frágeis e precisam de cuidados importantes para o fortalecimento do sistema imunológico. Os anticorpos contidos no leite materno são os primeiros recebidos pelos filhotes e desempenham um papel importante na proteção contra microrganismos que podem causar doenças. Após o desmame, que acontece por volta do 45º dia de vida, você precisa começar a dar as vacinas de cachorro, evitando diversos problemas de saúde graves que podem tirar a qualidade de vida ou até mesmo ser fatais.

A aplicação das vacinas enquanto o cão ainda é um filhote aumenta a sua longevidade, pois protege contra doenças caninas como cinomose, coronavirose, leptospirose, adenovirose, hepatite, parainfluenza e raiva. Devemos destacar que a vacinação de cães não acontece apenas enquanto são filhotes, este é o momento em que se inicia o período de vacinação que o acompanha por toda a vida, pois as doses devem ser reforçadas anualmente.

Recomenda-se que a vacinação canina aconteça após os 45 dias de vida, que é quando a proteção de anticorpos fornecida pelo leite materno tende a diminuir. Mas, antes de dar início ao período de imunização, é preciso avaliar a condição do animal para que as doses tenham o efeito desejado. O cão não pode estar com febre ou diarreia, deve ter sido vermifugado e estar com o peso adequado. Todas essas orientações serão observadas pelo veterinário, que também irá definir quais as doses e periodicidade em que serão aplicadas.

Quais as vacinas para cachorro recém-nascido?

De modo geral, as primeiras vacinas de cachorro obrigatórias são a V6 e a V8 — as chamadas vacinas múltiplas, que protegem contra uma série de doenças — e a antirrábica, contra a raiva:

  • De 6 a 8 semanas, dá-se a primeira dose da vacina múltipla, que pode ser a V6 ou a V8. A escolha de qual a melhor depende do contexto do cão e será feita pelo veterinário;
  • Por volta das 12 semanas, deve-se dar a segunda dose da vacina múltipla;
  • Para fechar este ciclo, a última vacina obrigatória para filhotes é a antirrábica, que deve ser aplicada por volta das 16 semanas.

Quais vacinas o cão deve tomar anualmente?

É importante ressaltar que a vacinação canina não acontece apenas enquanto os animais são filhotes. Após a bateria de imunização do início da vida, as doses devem ser reforçadas anualmente. Caso você tenha adotado um cão adulto que nunca foi vacinado, ele deve receber essas vacinas obrigatórias respeitando um intervalo de 21 dias entre elas.

A vacinação canina é um cuidado simples com custo muito baixo e que pode salvar a vida do seu melhor amigo, por isso não deixe de manter a carteirinha de vacinação dele sempre em dia.

Quantos dias depois da vacina o cachorro pode sair na rua?

Após tomar a segunda dose da vacina múltipla (V6 ou V8), o cão pode sair na rua, sempre sob a supervisão do tutor e com o uso da coleira — garantindo a segurança durante todo o passeio.

Quanto tempo dura a vacina contra leishmaniose?

As vacinas criadas para combater doenças como leishmaniose ou leptospirose têm uma duração média entre seis meses e um ano. Por isso devem ser reforçadas com frequência. Consulte um veterinário para saber de quanto em quanto tempo seu pet poderá ser vacinado.

Escreva um Comentário

Avalie o post: *

Artigos Relacionados