Ínicio > Cães > Saude > Outubro chegando e os casos de alergias em pets aumentando. Entenda o porquê.

Outubro chegando e os casos de alergias em pets aumentando. Entenda o porquê.

Outubro chegando e os casos de alergias em pets aumentando. Entenda o porquê.

Com a chegada outubro, crescem os casos de problemas alérgicos. E não estamos falando apenas dos humanos, os cães também são afetados pelo chamado “Efeito Primavera”. A temporada de alergias está começando, e agora? 

Problemas com alergias respiratórias e dermatológicas em pets ocorrem com frequência, mas é durante a Primavera que observamos o aumento do número de casos, que ocorre, especialmente, devido às mudanças bruscas de temperatura e ao fenômeno da polinização.

Mas o que a polinização tem a ver com isso? Essa é uma pergunta que muitos tutores se fazem, e a gente responde: quando os cães inalam o pólen das flores, mesmo sem contato direto com elas, seu sistema imunológico reage de forma atípica, podendo gerar irritações ou hipersensibilidade na pele. É o “Efeito Primavera”! Como neste período há muito mais pólen no ar, mais chances de os peludos desenvolverem algum tipo de alergia. Além disso, não podemos nos esquecer das bactérias e vírus, que estão sempre por aí, independentemente da estação.

Coceira, vermelhidão, perda de pelo, escamação da pele são algumas lesões dermatológicas comuns nesse período. Já nos casos de alergias respiratórias, os sintomas mais comuns são dificuldade para respirar, chiado no peito, espirros e, algumas vezes, até febre e desidratação. Por isso, é preciso prestar muita atenção ao seu amigão, seus hábitos e locais onde ele circula; muitas vezes é possível evitar o surgimento dessas alergias tomando cuidados como secar bem os pelos depois do banho e evitar passear muito cedo e nos finais de tarde, horários em que o pólen está mais concentrado no ar.

Não se esqueça de manter os locais onde seu cão transita sempre limpos e secos, tirar bem o pó da caminha e dos brinquedos dele, aumentar o número de escovações, principalmente depois de passeios e brincadeiras ao ar livre, e tomar muito cuidado ao utilizar produtos de limpeza, que são a causa de muitas alergias problemas dermatológicos

E o mais importante: não tente tratar nenhum tipo de alergia em casa! Se perceber algo de diferente, seja na respiração, na pele ou no pelo do seu mascote, leve-o ao veterinário!  Só quem entende do assunto pode diagnosticar e tratar a alergia da forma correta. Caso contrário, o problema pode até piorar.

Agora que você já sabe de tudo isso, é só ficar de olho na saúde do seu amigão e aproveitar juntinho dele esta estação que é, sem dúvida, umas das mais agradáveis do ano!

 

Escreva um Comentário

Avalie o post: *

Artigos Relacionados