Ínicio > Cães > Comportamento > Preparando a casa para o novo cão

Preparando a casa para o novo cão

Preparando a casa para o novo cão

DICAS PARA RECEBER SEU NOVO CÃOZINHO EM CASA

É uma alegria enorme saber que vamos receber um animalzinho em casa.

Quando tomamos essa decisão, a primeira coisa que pensamos é como será a adaptação do peludo à nossa rotina e à nova família.

Os primeiros dias na nova casa são especiais e difíceis para um cachorro, seja ele filhote ou adulto. Seu novo cachorro ficará confuso sobre onde está e sobre o que esperar de você. Preparar uma estrutura segura e organizada para o cachorro com sua família será primordial para fazer uma transição suave.

E para que essa adaptação seja a melhor possível, seguir algumas dicas é importante e irá facilitar o convívio de todos.

Antes de receber o novo integrante, devemos providenciar um pequeno enxoval para ele.

ESSENCIAIS

Alimentação – Parece óbvio pensar na comida, mas lembre-se que você precisa saber que tipo de alimentação seu cachorro terá. Leve-o ao médico veterinário antes de levá-lo para casa e já saia de lá com a indicação correta do tipo de alimentação e também de quantidade. Assim como quais petiscos que ele poderá comer, aproveite e tire todas as suas dúvidas. A Max Professional Line possui alimentos de alta qualidade para todos os portes e idades dos cães.

Comedouros – O peludo deve ter um comedouro para alimentação e outro para água. Existem tigelas de materiais e formatos diferentes. O melhor material é o aço inoxidável, por evitar a proliferação de microorganismos como bactérias e fungos devido à ausência de porosidade. O tamanho vai depender do tamanho que seu peludo tem. Inclusive, se ele ainda for filhote, você terá de trocar os recipientes de comida e água conforme ele cresce. E certifique-se que o comedouro esteja sempre na altura da linha do peito do animal, para que ele não prejudique sua coluna.

Coleira, guia e identificação – Itens indispensáveis para os cães de todas as idades! A coleira com a plaquinha de identificação deve estar no seu cãozinho o tempo todo quando ele sai de casa – porque caso ele consiga fugir, quem o encontrar vai conseguir entrar em contato com você.

Brinquedos

A brincadeira é uma faceta muito importante para a socialização e educação do cão, por isso certifique-se de brincar bastante com o seu cãozinho.

Não use objetos ou coisas da casa como brinquedos. Seu cão não sabe distinguir entre o que pode usar e o que não pode, e ele vai logo atrás dos tênis velhos que você jogou pra ele. Portanto, é muito importante que ele tenha seus próprios brinquedos, e que isso fique claro, à medida que vocês vão brincando com ele no dia a dia.

 

HORA DE DORMIR

É interessante deixar o cãozinho dormir dentro de casa nas primeiras noites, se isso for viável e agradar ao dono.

Comece escolhendo um cantinho tranquilo para colocar uma caminha confortável. É importante que seja um local silencioso e sem muita movimentação, pois nos primeiros dias é normal que o cãozinho fique inseguro.

Na hora que deixá-lo sozinho para dormir, é provável que o cãozinho chore, principalmente se for um filhote. Deixar alguns brinquedinhos, uma música bem tranquila, ou até mesmo o som de tic  tac de um relógio poderá acalmá-lo e evitar que ele se sinta muito sozinho.

Se mesmo assim ele ainda chorar, é importante que não vá ao local para vê-lo, isto evitará que ele use o choro como tática para ter a sua presença.

ENTENDENDO OS ESPAÇOS

Para que ele se adapte ao espaço e à família, é melhor que ele fique mais solto nos primeiros dias, utilizando coleira e guia para que você tenha controle sobre ele.

Defina o banheiro do seu filhote – Dê preferência para um local isolado e fácil de limpar, lembrando que os cães não fazem necessidades no mesmo local onde comem. Então, atenção a isso!

Para aumentar as chances de acertos no início, cubra uma área grande com jornal ou o tapete higiênico. Diminua-a gradativamente. O animal deve ser recompensado com carinho ou petiscos toda vez que fizer suas necessidades no local correto. Se errar, não dê bronca ou bata, porque pode entender que o errado é fazer xixi e cocô. Vale lembrar que, assim como um bebê, os filhotes não conseguem segurar a vontade até chegar ao banheiro.

PROTEGENDO SEU CÃO

Observe sua casa e retire do alcance do animal tudo o que pode representar um risco à sua saúde, como produtos de higiene e limpeza, objetos cortantes ou afiados e plantas que podem ser tóxicas para os animais. Fios elétricos e certos alimentos, como chocolate, que podem fazer muito mal ao animal também devem ser escondidos. E não se esqueça de retirar do alcance do cãozinho tudo o que você não quer que ele estrague de forma nenhuma.

Pronto! Agora você está preparado(a) para receber seu novo bebê de quatro patas.

 

Escreva um Comentário

Avalie o post: *

Artigos Relacionados