Ínicio > Cães > Comportamento > PRAIA SIM, DORES DE CABECA NAO

PRAIA SIM, DORES DE CABECA NAO

PRAIA SIM, DORES DE CABECA NAO

Fazer buracos na areia macia, saltar entre as ondas e se molhar na água: a maioria dos cães adora ir à praia com seus tutores.

O Brasil possui mais de 7,3 mil quilômetros de Litoral, mas nem todos dão as boas-vindas aos amigos de quatro patas. Se você quer levar o seu animal de estimação para passear pelas areias com você e tornar estes momentos inesquecíveis, é preciso planejamento e atenção para algumas regras e dicas.

No geral, o Brasil não possui uma legislação federal que impeça a presença de pets em praias. Contudo, o país permite que os estados e cidades elaborem leis locais e é por isso que alguns municípios não autorizam a entrada de cães em suas praias. Isto é sempre comunicado através de placas de identificação nos locais. Portanto, é preciso checar com antecedência quais praias do destino escolhido aceitam a presença do seu amigão. Desta forma, vocês não serão pegos de surpresa e poderão curtir o passeio sem dores de cabeça.

 

POR QUE ALGUMAS PRAIAS NÃO ACEITAM A PRESENÇA DE ANIMAIS?

Os motivos para a proibição de levar cachorro na praia vão desde questões ambientais até o conforto dos demais banhistas. A preocupação com as fezes dos pets é, em ambos os casos, o maior problema uma vez que elas podem conter larvas de parasitos que causam uma doença chamada de larva migrans cutânea, mais conhecida como bicho-geográfico.

Socialização do cão

Para que o passeio na praia seja divertido para você e seu amigão é importante que o cãozinho seja acostumado a conviver com crianças, e outros cães.

Cachorros que costumam estranhar e latir para estranhos, bicicletas, etc., podem acabar incomodando outros frequentadores da praia, ou até machucando alguém.

Observando o local

Antes de soltar seu amigão pela praia, verifique alguns pontos para a segurança de todos:

  1. Existe algum cão agressivo no local?
  2. A praia está muito cheia? Isto pode ser ruim.
  3. Há vias de acesso à estradas ou avenidas?

 

Agora sim, vamos à praia

Se depois de analisados os fatores da socialização e do local que estão pretendendo ficar, seu cãozinho estiver apto ao passeio, confira essas dicas abaixo e tenha um ótimo dia ao lado do seu amigão.

6 Dicas de bem-estar

1 – Leve seu cão ao veterinário para que ele seja medicado contra o verme do coração, muito comum no litoral, previna sempre!

2 - Evite horários de sol muito forte, que possa causar desidratação no animal.

3 - Leve sacolinhas para recolher as fezes.

4 - Guarda-sol sempre junto, assim ele poderá desfrutar de uma sombrinha com você.

5 - Água em abundância para que fique hidratado

6 - Se o cão tiver uma pele sensível, use o protetor solar para cães.

Cuidar é amar e é a melhor maneira de garantir a saúde do seu peludo!

 

Agora que você já sabe como tirar o maior proveito de dias de sol nas praias com seu peludo, não deixe de oferecer a ele uma alimentação rica em vitaminas, proteínas de alta qualidade e nutrientes desenvolvidos especialmente para que seu cãozinho tenha mais qualidade de vida podendo desfrutar de dias felizes ao lado do seu tutor e amigo.

 

Acesse nosso site e escolha a Ração mais adequada para seu cão.

 

https://www.maxtotalalimentos.com.br/lista-produtos/54/

 

 

 

Escreva um Comentário

Avalie o post: *

Artigos Relacionados