Ínicio > Cães > Comportamento > 5 mudanças no comportamento do cachorro após a castração

5 mudanças no comportamento do cachorro após a castração

5 mudanças no comportamento do cachorro após a castração

Será que ocorrem mudanças no comportamento do cachorro após a castração? Se essa pergunta já passou pela sua cabeça (ou ainda passa), este artigo é pra você. A gente sabe que muitos tutores têm medo dessas mudanças e por isso demoram a tomar a decisão pela castração, por isso é necessário conversarmos sobre o assunto para deixar tudo bem explicado.

É importante saber que os únicos comportamentos que podem mudar após a castração de cachorro são aqueles ligados aos hormônios sexuais.

1. Cachorro castrado para de fugir de casa?

É normal que os cães castrados deixem de fugir de casa em busca de fêmeas no cio. Essas fugas são perigosas, pois podem resultar em acidentes, brigas com outros animais e até envenenamentos. Para garantir que ele realmente não tenha vontade de fugir, é importante fazer com que ele realmente se sinta em casa. Como? Proporcionando momentos de diversão, atividades físicas, passeios diários e oferecendo muito carinho.

2. Cachorro castrado para de fazer xixi pela casa?

O ato de fazer xixi pela casa é um comportamento típico de cães não castrados e eles fazem isso para demarcar território, ou seja, mostrar aos outros animais que aquele espaço é deles. Após a castração, é comum que esse comportamento canino diminua ou acabe de vez.

3. Castração vai diminuir a agressividade do cachorro?

É importante avaliar qual a razão da agressividade do cão. A castração ajudará a melhorar os comportamentos sexuais do animal, mas a agressividade pode estar associada a outras questões, como energia acumulada e falta de socialização com outros animais e pessoas.

4. O cão castrado perde a vontade de brincar?

Um cão castrado não se torna mais preguiçoso ou sério após a cirurgia, o que muda é o ritmo metabólico do pet, ou seja, ele ficará menos ativo, podendo ganhar peso. É possível corrigir isso? Sim, por meio de uma dieta saudável e balanceada.

Após a castração, um fator importante é a alimentação canina balanceada. Siga as instruções recomendadas pelo veterinário sobre a quantidade ideal de ração. E lembre-se de não oferecer restos de comida para o seu cachorro.

5. É normal um cão castrado querer cruzar?

É possível que o peludo não tenha perdido completamente o interesse em acoplar, principalmente se ele encontrar uma fêmea com o mesmo interesse. Caso o ato aconteça, não há motivos para se preocupar, pois ele não poderá engravidá-la.

Castrar o animal antes que ele atinja a maturidade sexual, isto é, entre 6 e 9 meses, evita que ele continue desenvolvendo esse comportamento canino após a castração.

A castração canina leva à obesidade?

Essa é uma pergunta recorrente entre tutores de cães, mas a história de que o cão ganha peso por causa da castração é mito. Essa associação acontece pois o metabolismo do animal muda e eles passam a gastar menos calorias, por isso a alimentação dos cães castrados precisa ser equilibrada. Estimular exercícios diários também ajuda, e isso pode ser feito por meio de passeios e brincadeiras para cães.

Cães filhotes podem ser castrados?

Sim, cães filhotes podem ser castrados a partir dos 6 meses de idade. É muito indicado fazer a castração antes do primeiro cio, inclusive. De qualquer forma, é sempre recomendado que você leve seu cãozinho ao veterinário para que ele possa avaliar qual é o melhor período para fazer a castração.

O ato de castrar meu cão evita doenças?

A castração evita uma série de doenças — tumores e infecções são alguns exemplos — e, consequentemente, acaba aumentando a expectativa de vida do animal.

Quanto tempo vive um cachorro castrado?

Os benefícios da castração vão além de impedir uma gestação indesejada ou evitar doenças, pois aumenta a expectativa de vida do animal. A castração canina é uma cirurgia rápida que proporciona muitos benefícios para seu pet, listamos alguns deles para que você entenda melhor:

Benefícios da castração de cães machos

  • Reduz os riscos de sofrer patologias como: tumores, hérnia perineal e diferentes problemas de próstata.
  • O animal também pode ficar mais dócil, o que facilita a interação – especialmente para pets que apresentavam comportamento agressivo antes.
  • Reduz o risco de fugas e brigas na rua.

Benefícios da castração de fêmeas

  • A castração de cadelas diminui o incômodo com o período do cio.
  • Adeus sangramentos pela casa.
  • Evita a gravidez psicológica — ocorre quando a cadela passa pelo cio mas não engravida.
  • Reduz o risco de infecções no útero, como a piometra.
  • Acaba com o risco da cadela desenvolver tumores de útero e de ovário. Também diminui a chance de tumor nas mamas, principalmente se a castração ocorrer antes do primeiro cio.

Além desses benefícios, a castração canina aumenta a expectativa de vida, evita a proliferação animal e diminui o número de animais abandonados.

Pratique a guarda responsável

Não é porque você castrou seu cachorro que ele irá mudar, a essência sempre será a mesma. Mas se ainda houver dúvidas, indicamos que converse com um veterinário de sua confiança. Informação nunca é demais e é importante saber os prós e contras de castrar ou não seu pet.  

Escreva um Comentário

Avalie o post: *

Comentários - 5 mudanças no comportamento do cachorro após a castração

Verônica

Obrigada pelas dicas.

Artigos Relacionados