Ínicio > Gatos > Saude-felina > Quando tosar o gato? E escovar?

Quando tosar o gato? E escovar?

Quando tosar o gato? E escovar?

A época mais apropriada para tosar um gato é durante o verão, quando eles sentem mais calor e a pelagem acaba intensificando essa sensação. Alguns animais possuem mais pelos que outros e isso também deve ser considerado quando o assunto é tosa, pois ela nem sempre é necessária, vai depender da situação de cada felino.

Quando tosar um gato?

Há muitos casos onde a tosa é feita apenas por uma questão estética, o que não é recomendado por especialistas, pois esse é um processo desgastante para a maioria dos gatos. Só opte por tosar o gato se realmente houver necessidade, ok? E como saber quando é necessário tosar? Nós explicamos!

Antes de qualquer decisão, é extremamente importante que você converse com um veterinário de confiança, para que ele possa estar por dentro da situação ou, até mesmo, examinar o estado de saúde do seu gato antes de uma tosa.

É comum ver uma cena de gato vomitando bola de pelos, principalmente se ele tiver pelagem longa, certo? Isso acontece porque durante o famoso “banho de gato”, alguns pelos acabam grudando na língua do felino e se acumulam no organismo; o vômito é uma forma de eliminá-los. Nesses casos, é provável que o veterinário indique a tosa de gato. Procure um profissional capacitado para realizar a tosa e dê preferência para lugares com vidro, onde você possa acompanhar todo o processo e até mesmo acalmar o seu gato por estar ali.

Como evitar a formação de bola de pelo?

A escovação pode ser uma forte aliada na eliminação dos pelos de gato. É importante utilizar uma escova própria para gato e escovar com frequência — pelo menos uma vez por semana. Essa atitude ajudará o seu fofinho e reduzirá as crises de vômito por ingestão de pelos.

Outra forma de evitar o acúmulo de bola de pelo é através da alimentação. Esse é um fator que está ligado diretamente à saúde do gato. Max Cat tem ingredientes específicos para combater a formação das bolas de pelo no organismo e outros benefícios que contribuem para que seu gato tenha mais qualidade de vida.

Se o problema for queda de pelo em gato, saiba que é uma condição normal para que ocorra a troca de pelos. Os fios velhos se soltam do corpo do felino, abrindo espaço para a renovação dos fios. Mas se a queda de pelos for frequente e em excesso, algo está errado!

Sintomas como coceira, irritação ou perda de pelos em áreas isoladas podem ser sinais de alopecia felina.

Artigos Relacionados