Ínicio > Gatos > Saude-felina > Plantas tóxicas para gatos e cães

Plantas tóxicas para gatos e cães

Plantas tóxicas para gatos e cães

Com a chegada da primavera, nossa casa e jardim ganham mais cor e vida com as flores. E assim como nós, cães e gatos adoram as cores e os cheiros que as flores trazem nessa estação do ano.

 

Mas além da visão e do olfato, muitos dos nossos animais de estimação também têm o costume de comer as plantinhas. Algumas são inofensivas, mas outras nem tanto. Por isso, todo o cuidado é pouco.

 

Na maioria das vezes, cães e gatos podem ingerir essas plantas para aliviar disfunções digestivas, distúrbios comportamentais ou simplesmente por puro tédio. O perigo mora nas plantas que são consideradas tóxicas para eles, já que os sintomas de intoxicação podem ser facilmente confundidos com doenças infecciosas e são difíceis de identificar a causa, já que não associamos plantas na dieta do nosso animal de estimação.

 

Para ajudar, elaboramos uma lista com as plantas mais perigosas para os nossos anjinhos de quatro patas e os sintomas de intoxicação que eles podem apresentar, caso comam a plantinha em questão.

 

 

Tulipas, lírios, azaleias e begônias:

Elas são lindas, mas também podem ser mortais! Essas flores são tóxicas para os cães e principalmente para os felinos! Se ingeridas em excesso, elas causam bastante desconforto, provocando tremores, agitação, sonolência, salivação intensa, vômitos, náuseas, hemorragias, falta de apetite, dificuldades respiratórias, alteração do ritmo cardíaco e podendo chegar ao óbito.

 

 

Comigo-ninguém-pode

Apesar de lindas, seu cachorro ou gato não pode ingerir nenhuma parte desta planta pois ela pode causar irritação na boca, edema nos lábios e língua, além de queimação, salivação, esofagite, dificuldade de se alimentar, cólicas abdominais, náuseas e vômito.

 

 

Flor das Almas

Essa flor pode causar uma porção de reações incômodas e dolorosas para o seu animalzinho. Se ingerida, ela causa náusea, vômitos, cólica abdominal, aumento do fígado e baço, hepatite aguda ou crônica.

 

 

Espirradeira

As cores e o cheiro dessa planta a tornam bastante sedutora para os nossos amigos de quatro patas. Se ingerida, ela causa bastante dor e queimação na boca, salivação, náuseas, vômitos intensos, cólicas abdominais, diarreia e alterações cardíacas.

 

 

Mamona

A mamona é uma das plantas mais perigosas para os cães e gatos. Ao ingerir, o pet pode ter náuseas, vômito, cólicas abdominais e diarreia. Em casos mais graves, podem ocorrer convulsões, coma e óbito.

 

 

Coroa de cristo

Essa é uma planta em que o perigo maior fica na sua seiva leitosa. Se ingerida, causa irritações na pele e na mucosa, inchaço nos lábios, boca e língua, ardor e coceira, além de náuseas, vômito e diarreia. O contato com os olhos provoca irritações e inchaço nas pálpebras. Ou seja, quanto mais longe o seu pet ficar, melhor!

 

 

Copo-de-leite

Assim como a coroa de cristo, a seiva leitosa dessa flor provoca uma porção de problemas ao seu cão e gato. O copo e leite pode causar inchaço nos lábios, boca e língua, náuseas, vômito, diarreia, salivação intensa, dificuldade de deglutição e asfixia. O contato com os olhos também pode provocar irritação.

 

 

Bico-de-papagaio ou “Flor do Natal”

Comum em muitos jardins, essa planta causa inchaço dos lábios, boca e língua, ardor e muita coceira no animal. O contato com os olhos provoca irritação, lacrimejamento, inchaço das pálpebras e alteração temporária da visão. A ingestão também pode causar náuseas, vômitos e diarreia.

 

 

Pinhão-roxo

Outra planta bastante perigosa! Ao ingerir ela, o cachorro ou gato pode sofrer com náuseas, vômito, cólicas abdominais, dificuldade respiratória, arritmia e parada cardíaca.

 

 

Saia branca

Leva o pet a ficar com boca e pele secas, taquicardia, dilatação das pupilas, agitação, alucinação e óbito.

 

 

Olho-de-Cabra

Essa é outra planta em que todo cuidado é pouco! Se o seu gato ou cão comer essa planta, poderá ter náuseas, vômitos intensos, cólicas abdominais e diarreia. Os distúrbios gastrointestinais podem levar a desidratações sérias seguidas por convulsões, choque e óbito

 

 

Caso o seu pet coma algumas destas plantas listadas, leve-o imediatamente ao médico veterinário. Preste atenção se você tem em casa alguma planta que pode fazer mal ao seu pet e aos sinais de que eles estão "brincando" com elas. Pense bem no local onde irá colocar a planta para garantir que o animal não tenha acesso a ela, afinal, mesmo que ele não tenha o costume de comer plantas, pode fazer num momento de stress. Dessa forma, garantimos a saúde e bem estar dos nossos fofinhos. 

Artigos Relacionados