Ínicio > Gatos > Lar-doce-lar > Dicas para mudança de ambiente com o seu gato

Dicas para mudança de ambiente com o seu gato

Dicas para mudança de ambiente com o seu gato

Mudou de cidade, de emprego, casou, comprou uma casa ou um apartamento? Tem gente que passa a vida toda morando na mesma casa, tem gente que já perdeu as contas de quantas vezes teve que se mudar. Nessas horas, o que devemos fazemos para que nossos gatinhos se acostumem com a nova casa?
 

Diferente dos cães, os gatos não se adaptam tão rapidamente a novos ambientes. Mas não se preocupe, não é impossível, só exige um pouco mais de paciência e sensibilidade da nossa parte.

Vamos falar uma série de coisas que você pode fazer para deixar seu peludinho o mais confortável possível:

 

  • Atenção para a alimentação: O stress diminui o apetite e seu gatinho pode comer menos. Não troque a ração dele durante esse período. Você pode estimulá-lo com petiscos, mas se perceber que ele não está comendo nada, procure um veterinário para receber orientação.
     
  • Mantenha os objetos do felino: Esse momento não é ideal para trocar o pote de comida nem os brinquedinhos dele. Não mude nada, pois ele já tem que lidar com um lugar totalmente novo, imagina se até o pote de comida mudar?
     
  • Não o deixe muito tempo sozinho na primeira semana de mudança: Sei que isso pode ser difícil, já que temos trabalho, faculdade, entre outros compromissos diários, mas entenda que ele é como uma criança assustada: não entende o que está acontecendo nem sabem o porquê de estar ali, muito menos o que vai ser a partir de agora. Deixá-lo sozinho só dificultará tudo. Ele precisa se sentir protegido, sentir o seu cheiro e carinho. Saber que você está lá, junto com ele, fará com que a situação seja muito mais fácil.
     
  • Primeiro faça a mudança e depois leve o peludinho: Se possível, só depois que tudo estiver certinho na sua casa, todos os móveis e objetos em seus devidos lugares. Quando você trouxer o seu gatinho ele vai reconhecer o cheiro de tudo.
     
  • Proteja a nova casa: Vai mudar para apartamento? Coloque redes nas janelas, deixe a casa bem segura para evitar acidentes desnecessários. Muitas vezes eles fogem por estarem muito assustados, mesmo que não tenham adotado esse comportamento antes. É importante ter cuidado.
     
  • Separe os gatos se começarem a brigar: Para quem tem mais de um gato, é preciso tomar cuidado para que eles não mudem de situação amigável para agressiva. É normal gatos amigos brigarem no início, por isso preste atenção e se isso acontecer, separe-os em dois ambientes até que se acalmem. Deixe que um explore o resto da casa enquanto o outro fica preso num quarto, depois deixe o outro explorar até que seja tranquilo deixar os dois juntos novamente.
     
  • Liberdade gradativa: Se a casa nova for bem maior que a antiga, talvez o mais adequado seja liberar aos poucos o acesso para o peludinho. Se a mudança também não for muito rápida, ou seja, se durante vários dias vão montar e desmontar móveis, e o ambiente ficar bem barulhento, o ideal é mantê-lo em um quarto para que ele não fique mais estressado ainda. Quanto maior a casa, mais lugares para ele explorar e mais tempo demora até ele se sentir seguro com a situação.
     
  • Deixe seus vizinhos avisados: Em época de mudança, quando precisamos organizar e montar várias coisas, sempre ficamos com medo de incomodar os vizinhos, né? Talvez avisá-los que seu gatinho pode dar um pouco de problema, mas que logo ficará tudo bem, pode fazer com que você se sinta mais tranquilo, afinal de contas não é culpa de ninguém, né ? :)
     
  • Não o vacine próximo ao período da mudança: Se já é difícil para ele se acostumar, imagina colocá-lo numa situação extremamente estressante como tomar vacina? Escolha dar a vacina com muita antecedência ou depois que ele já estiver familiarizado com o novo lar.


Também é comum miar bastante durante a primeira semana, exatamente porque se sente assustado e desprotegido. Ficar irritado com ele não adiantará nada, pois ele está sofrendo e ficará pior. Estimule-o com brincadeiras e deixe por perto roupas com o seu cheiro. Tenha paciência e entenda que é uma situação difícil e que ele precisa de carinho e compreensão.

Não significa que todos os gatos agem da mesma forma: alguns podem levar dias e outros podem demorar semanas para se acostumar, mas se você seguir essas dicas vai garantir que ele passe por essa mudança da forma mais tranquila possível.

 

Você tem alguma dica ou história para contar sobre mudanças? Divida com a gente! ;)

 

Artigos Relacionados