Ínicio > Gatos > Comportamento-felino > Curiosidades sobre gatos: por que seu amigo deixa a ração na beira do pote?

Curiosidades sobre gatos: por que seu amigo deixa a ração na beira do pote?

Curiosidades sobre gatos: por que seu amigo deixa a ração na beira do pote?

Você é daquelas mamães que adora descobrir curiosidades sobre gatos? Não tem como ser diferente, os felinos são os amores da nossa vida e é claro que queremos conhecer tudo o que está relacionado a eles. Um dos comportamento dos gatos que provavelmente já chamou sua atenção é aquele hábito de deixar ração na beira do pote. Já aconteceu de você colocar ração no pote, o gato comer e ficar miando o tempo todo como se estivesse pedindo mais, sendo que ainda tem na tigela dele?

Entender esse comportamento pode ser um desafio para você, mas é importante que você entenda para evitar situações que prejudiquem a alimentação do gato. Diferente do que muita gente pensa, essa situação não quer dizer que você está colocando ração demais no pote. Esse comportamento tem a ver com os bigodes do gato.

Bigodes de gato

Eles dão um charme todo especial para seu lindinho, mas sua função vai além da aparência. Os bigodes do felino são pelos sensoriais de orientação e possuem alta sensibilidade, podendo captar movimentos pela vibração do ar – essa capacidade é o que dá o nome científico vibrissae. São 12 pelos principais de cada lado do focinho com raízes profundas e uma série de terminações nervosas. 

A capacidade de captar movimentos por ondas sonoras é o que permite que os felinos se movimentem com precisão e é devido à sensibilidade dessa área que os gatos deixam toda a ração que fica na beira do pote. Afinal, eles evitam qualquer situação que possa mexer com os bigodes. Não é nada agradável ficar amassando eles nas laterais do pote para pegar os grãos de ração de ficam ali.

Devo me preocupar com esse comportamento do gato

Entender essa curiosidade sobre gatos é importante não apenas para conhecer melhor seu companheiro, mas também para saber até que ponto esse comportamento é normal e quando se torna prejudicial ao animal.

Essa questão se torna um problema quando o gato começa a ter dificuldades para se alimentar ou mesmo não comer. Muitas vezes o animal fica irritado e o momento da refeição vira sinônimo de estresse. Para tentar resolver isso, você pode trocar o pote de ração, buscando um que facilite o acesso ao alimento.

Se mesmo depois de trocar o pote o felino continuar apresentando dificuldades para comer, procure um veterinário para ter orientações mais detalhadas e tirar todas as suas dúvidas. 

Artigos Relacionados