Ínicio > Gatos > Alimentacao-felina > Vermifugação e vacinação de gatos recém-nascidos

Vermifugação e vacinação de gatos recém-nascidos

Vermifugação e vacinação de gatos recém-nascidos

Se você ganhou a missão de cuidar de gato recém-nascido porque sua gata deu a luz ou porque resgatou os pequenos das ruas, é essencial que conheça a importância da vermifugação e vacinação de gatos. Este cuidado aumentará a expectativa de vida do animal, pois evita uma série de doenças que, além de tirarem o bem-estar do felino, podem levar a morte. A orientação sobre a vermifugação e vacinação do gato deve ser dada pelo veterinário em sua primeira visita com o pequeno. Ele indicará a dosagem e qual o tipo de produto que mais se encaixa às necessidades do gatinho.

 

Vermífugo para gatos

Também chamada de desparasitação, a aplicação de vermífugo para gatos é essencial logo no início da vida dos pequenos, principalmente quando foram resgatados das ruas e não se conhece o histórico deles. Os filhotes recém-nascidos abandonados podem ter parasitas e vermes que precisam ser eliminados para que possam se desenvolver com saúde.

Uma idade segura para que os gatos sejam vermifugados é a partir dos 15 dias de vida, sendo que a dose correta deve ser indicada pelo veterinário. O tipo, frequência e a quantidade de vermífugo pode variar conforme a idade do gato, peso, raça e o ambiente que o felino irá viver.

Os parasitas e vermes podem aparecer internamente no organismo do gato ou na sua pelagem, por isso, se você resgatou o felinos da rua, antes de levá-lo para casa, consulte o veterinário, pois o pequeno pode transmitir doenças aos outros animais de estimação da sua casa. É importante ressaltar que a vermifugação começa a partir dos 15 dias de vida do felino, mas deve fazer parte da rotina de cuidados com o gato, sendo reforçada anualmente.

 

Vacinação de gatos recém-nascidos

A vacinação de gatos é outro cuidado essencial com a saúde do seu animal de estimação. A primeira dose de anticorpos que os pequenos recebem vem do leite materno, que é responsável por fortalecer o sistema imunológico do animal no início da vida, mas quando ele começa o processo de desmame, deve contar com a imunização das vacinas.

A primeira dose deve ser dada entre os 45 e 60 dias de vida do animal. A vacinação de gato recém-nascido é feita com aplicação e três doses de vacinas múltiplas, que pode ser a V3 (vacina tríplice) - que protege contra a panleucopenia, rinotraqueíte e calicivirose; ou a V4 - que também possui antígenos contra Clamidiose além dos já contidos na V3. Na última etapa da vacinação de filhote recém-nascidos, é feita a aplicação da vacina antirrábica, que acontece a partir dos 4 meses de idade do gato. A escolha da vacina mais indicada para o seu filhote é feita pelo veterinário e a aplicação deve respeitar um intervalo de 30 dias.

A vacinação de gatos começa na fase filhote, mas deve-se considerar que as doses precisam ser reforçadas anualmente para garantir a proteção do gato por toda a vida.

Artigos Relacionados