Ínicio > Cães > Saude > Quais as vacinas de cachorro recém-nascido

Quais as vacinas de cachorro recém-nascido

Quais as vacinas de cachorro recém-nascido

Os cachorros recém-nascidos são frágeis e precisam de cuidados importantes para fortalecimento do sistema imunológico. Os anticorpos contidos no leite materno são os primeiros recebidos pelos filhotes e desempenham um papel importante na proteção contra micro-organismos que podem causar doenças. Após o desmame, que acontece por volta do 45º dia de vida, você precisa começar a dar as vacinas de cachorro, que irão evitar diversos problemas de saúde graves, que podem tirar a qualidade de vida ou até mesmo serem fatais.

A aplicação das vacinas enquanto o cão ainda é um filhote aumenta a sua longevidade, pois protege  contra doenças caninas como cinomose, coronavirose, leptospirose, adenovirose, hepatite, parainfluenza e raiva. Devemos destacar que a vacinação de cães não acontece apenas enquanto são filhotes, este é o momento que iniciam o período de vacinação que o acompanha por toda a vida, pois as doses devem ser reforçadas anualmente.

Recomenda-se que a vacinação canina aconteça após os 45 dias de vida, que é quando a proteção de anticorpos fornecidos pelo leite materno tende a diminuir. Mas, antes de dar início ao período de imunização,  é preciso avaliar a condição do animal para que as doses tenham o efeito desejado. O cão não pode estar com febre ou diarreia, deve ter sido vermifugado e estar com o peso adequado. Todas estas orientações serão observadas pelo veterinário que também irá definir quais as doses e periodicidade em que serão aplicadas.

De modo geral, as primeiras vacinas de cachorro obrigatórias são V6 e V8, que são as chamadas vacinas múltiplas e protegem contra uma série de doenças, e a antirrábica, contra a raiva :

●     De 6 a 8 semanas, dá-se a primeira dose da vacina múltipla que pode ser a V6 ou V8. A escolha de qual a melhor depende do contexto do cão e será feita pelo veterinário;

●     Por volta das 12 semanas, deve-se dar a segunda dose da vacina múltipla;

●     Para fechar este ciclo, a última vacina obrigatória para filhotes é a antirrábica, que deve ser aplicada por volta das 16 semanas.

É importante ressaltar que a vacinação canina não acontece apenas enquanto os animais são filhotes.  Após esta bateria de imunização, as doses devem ser reforçadas anualmente. Caso você tenha adotado o cão adulto que nunca foi vacinado, ele deve receber estas vacinas obrigatórias respeitando um intervalo de 21 dias entre elas.

A vacinação canina é um cuidado simples com custo muito baixo e que pode salvar a vida do seu melhor amigo, por isso, não deixe de manter a carteirinha de vacinação sempre em dia. 

Artigos Relacionados