Ínicio > Cães > Saude > Cachorro atropelado: o que fazer?

Cachorro atropelado: o que fazer?

Cachorro atropelado: o que fazer?

Encontrou um cachorro atropelado? Sabemos como essa situação pode ser triste, mas você precisa agir rápido se quiser ajudar a salvar a vida do seu amigo de quatro patas. Neste artigo falaremos sobre os cuidados que se deve ter em situações como essa.

Retire o cachorro do local

A primeira atitude que se deve ter em caso de atropelamento é retirar o cachorro do local de risco. Faça isso com cuidado, OK? O animal pode estar com dor e ficar agressivo a ponto de morder para se proteger de qualquer coisa que ele considere uma ameaça. Se possível, faça uma rápida limpeza em áreas sujas de sangue, como boca e narinas, por exemplo — isso ajudará o animal a respirar melhor.  

Evite movimentos bruscos

Um erro que pode piorar o estado de saúde do cachorro atropelado é movimentar seus ossos e coluna de forma brusca, pois há risco de lesionar o local. É uma situação delicada e dolorosa, então se preocupe em movimentá-lo com cuidado. O indicado é deitar o cachorro do lado direito e usar um cobertor ou um casaco para envolvê-lo, evitando que ele sinta frio. Verifique se ele está conseguindo respirar — esse é um detalhe crucial.

Leve o cachorro atropelado com segurança até o veterinário

Um cachorro machucado precisa ser atendido por um profissional com urgência, mas o transporte até o veterinário exige segurança. Vai levar o pet no seu carro? Em hipótese alguma coloque-o no chão, pois durante o trajeto ele pode se machucar ainda mais.

Utilizar uma superfície resistente, que aguente o peso do animal, como uma tábua de madeira, por exemplo, é uma opção válida para diminuir os riscos no transporte. Ao amarrá-lo, as cordas devem ser passadas apenas na região dos ombros e coxas, para não impedir a respiração do animal.

Se o cachorro estiver muito agressivo, ligue para uma clínica veterinária e peça ajuda para profissionais capacitados e que já estão acostumados a lidar com esse tipo de situação. Causar mais estresse ao animal ou levar uma mordida não é a sua intenção, não é mesmo?

Somente um veterinário poderá examinar, identificar e estabilizar a dor do cão atropelado. Quanto mais cedo ele receber o tratamento adequado, mais rápida será a recuperação!

Como evitar que um cachorro seja atropelado?

Há muitos casos de cachorros abandonados, como também há muitos tutores que deixam seus cachorros darem as famosas “voltinhas por aí”. Essa atitude implica em muitos riscos para a vida do animal, como brigas, doenças e até acidentes. A adoção de cães evita que mais animais sofram com atropelamentos que, em alguns casos, podem ser fatais.

Vai passear com o seu cachorro? Não esqueça de levar a coleira para que ele não escape. Seu cachorro é adestrado? OK. Mas, antes de soltá-lo, tenha certeza que ele não correrá para longe do seu alcance. Praticar a guarda responsável de animais pode salvar a vida do seu amiguinho.

Castrar cães é um cuidado importante, que também pode evitar o atropelamento e é a melhor escolha para quem quer garantir longevidade e qualidade de vida para seu amado cão. A castração do cachorro ajuda a deixá-lo mais tranquilo e reduz as chances de fuga, dentre outros benefícios que envolvem a saúde do pet. Pratique a guarda responsável e salve a vida do seu amiguinho! ;)

Artigos Relacionados