Ínicio > Cães > Comportamento > Você sabe mesmo cuidar do seu cãozinho durante o carnaval?

Você sabe mesmo cuidar do seu cãozinho durante o carnaval?

Você sabe mesmo cuidar do seu cãozinho durante o carnaval?

Fevereiro é o mês mais animado do ano, com todo mundo no clima e na folia do carnaval! E isso não quer dizer que nossos lindinhos precisem ficar de fora desse momento, não é mesmo, mamães?

Hoje em dia, cada vez mais, estão surgindo os blocos onde o principal público são os nossos peludinhos. Não é a coisa mais fofa do mundo? Imagine o seu cãozinho todo fantasiado e curtindo o carnaval junto de tantos outros amiguinhos, não seria lindo?

Pois bem... É importante dizer para as mamães que parece ser muito divertido este encontro, mas também precisamos mencionar que essa folia deve ser muito bem estudada e requer muita atenção quanto à segurança do nosso melhor amigo.

Listamos 4 cuidados que devem ser muito bem avaliados pelas mamães antes de cair na folia com o peludinho!

1 – Ambiente badalado por pessoas? Não!

Quando falamos em festejar o carnaval com o peludo, não estamos falando em levar o cãozinho para a folia dos tradicionais blocos de carnaval, as tradicionais micaretas. Além de toda a aglomeração de pessoas, o seu lindinho pode ficar assustado com essa movimentação de gente estranha e com o barulho deste local, além de estarem mais suscetíveis e ingerir algo do chão que não fará bem a ele.

2 – Blocos específicos para o cãozinho? Ok, mas cuidado!

O peludo é sociável com outros amiguinhos da mesma espécie? Beleza, passagem liberada para o folião. Agora, se o cãozinho tem problemas de convivência com outros peludos, claro que a passagem está liberada também – porém, mamães, o cuidado agora é redobrado! Não o deixe sozinho em nenhum momento, perceba se ele está se sentindo confortável com o ambiente e se for apresentar algum tipo de excitação que o deixe mais agressivo utilize guias específicas para este passeio. Coloque uma medalha de identificação no cãozinho com o nome da mamãe e um telefone para contato, mas para evitar uma fuga, deixe-o sempre na guia. Escolha lugares que, especialmente, tenha um médico veterinário para dar toda atenção necessária caso o peludo precise de um suporte.

3 – Horário da folia – MUITO IMPORTANTE!

O carnaval acontece em dias quentes, por isso, as mamães devem ficar atentas quanto ao horário da festança, pois é preciso verificar se o chão não está quente demais para que não queime as almofadinhas dos peludinhos, e ter sempre em mãos, uma garrafinha com água fresca para oferecer para o lindinho. Frequente os blocos que aconteçam no período da manhã, pois assim, estará assegurada de que tudo ocorrerá com muita segurança para o lindinho, se for à tarde, escolha pelo fim do dia.

4 – Fantasiar o lindinho? COM CERTEZA, MAS ATENÇÃO!

Não use uma fantasia com tecido inflamável no lindinho, como também, não coloque laços ou botões que possam ser arrancados e engolidos por ele. Não utilize tecido muito grosso, pois pode ser que o peludo se sinta sufocado com o calor. Coloque a fantasia dias antes, assim ele estará mais acostumado com a roupinha no dia da folia. E não coloque uma roupinha que aperte o fofinho, principalmente na região do pescoço, ok, mamães?

Artigos Relacionados