Ínicio > Cães > Comportamento > Grávida e mãe de cachorro: como lidar com o cãozinho quando se está esperando um bebê.

Grávida e mãe de cachorro: como lidar com o cãozinho quando se está esperando um bebê.

Grávida e mãe de cachorro: como lidar com o cãozinho quando se está esperando um bebê.

Você já é mamãe de cachorro, e agora a tão desejada gravidez chegou! O pensamento de que o cachorro pode fazer mal à mulher grávida ou ao bebê é comum, mas é um grande mito!


Como precaução, muitas pessoas colocam o animal para a adoção e até mesmo o abandona, o que é um ato de crueldade e crime. Os cães amam muito suas mamães, e podem conviver com grávidas e bebês tranquilamente, além de trazer muitos benefícios.


Pesquisas recentes mostram que mulheres grávidas que têm cães fazem mais exercícios físicos devido à necessidade que o cão tem de brincar e passear.  Os médicos dizem, ainda, que as chances de alergia ou doenças respiratórias diminuem quando se tem cachorro devido à resistência imunológica mais forte que se desenvolve com a convivência com o animal, e isso vale para mães e bebês. Viu como faz bem ter um filho de quatro patas?


Os cuidados com a higiene do cão devem ser os mesmos de sempre: recolher fezes do banheirinho com frequência, checar a saúde regularmente com o veterinário de confiança, garantir que a vacinação esteja em dia, alimentar corretamente, vermifugar e checar carrapatos, entre outros.


Para que a convivência do cão com o novo irmãozinho seja perfeita, um treinamento que deve ser iniciado ainda na gravidez, pode ser necessário:


- Se você preferir que o seu cãozinho não entre no quarto do bebê, acostume-o desde o início da gravidez para que na cabecinha dele, a culpa dessa restrição não seja da criança;


- Ensine-o a não pular nas pessoas para evitar que, brincando, ele possa derrubar a criança e causar um acidente;


- Acostume-o com outra pessoa da família para que quando você estiver ocupada com o bebê, ele possa ficar com essa companhia sem estranhar ou sentir-se abandonado;


- Habitue seu cãozinho a ficar sem você por alguns períodos para que ele não associe a sua distância ao bebê e fique com ciúme;


- Não o impeça de chegar perto do bebê nunca! Seu cachorrinho é como um irmão mais velho para ele, e a aproximação entre os dois é essencial desde os primeiros dias. Faça isso cuidadosamente para que eles possam se acostumar e amar um ao outro!



 

Com esses cuidados, o cãozinho será super protetor com seu bebê! Os animais são companhias fiéis, dóceis e amorosas, e NADA justifica um abandono. Por isso já sabe: bebês, grávidas e animais combinam sim!

Artigos Relacionados