Selecione o idioma:
Você está em: Cães > Comportamento > Fogos de artifí...

Dicas e cuidados com o seu cão

Fogos de artifício

Fogos de artifício

Todo ano animais fogem, perde-se de seus donos, são atropelados e em alguns casos mais graves vem até o óbito por conta do estress causado por causado pelo barulho dos fogos de artifício. Para ajudar nossos cães, esse processo tem que começar bem antes que as crises de pânico aconteçam.

 

O pior de tudo que esse problema com fogos acaba criando sofrimento e perda do sossego do proprietário e toda família do cão. Uma dica é, apesar dos tutores se desesperarem com o pânico dos seus animais, isso só vai piorar a situação, pois imagina, você a pessoa que ele confia em desespero, ele imaginará que realmente está tudo perdido. Mantenha a calma.

 

Outra coisa que muitas vezes as pessoas cometem o erro de achar que cães apresentam medo e fobia de sons muito altos, sofreu maus tratos, assim sempre que vê seu amigão em pânico tem a tendência de pegá-lo no colo para confortá-lo, isso pode ser mais prejudicial para esse animal, ele vai achar que seu comportamento assustado fará com que ele seja acalentado por você, assim nem tentará descobrir ou se acalmar diante dos barulhos já que fará isso por ele.

 

Também tem aquelas pessoas que acham que é frescura, safadeza ou mesmo pura covardia, esses casos acabam trazendo ainda mais sofrimento para esses animais, não é muito difícil você encontrar relatos de pessoas que quando seu cão se esconde ele é retirado a força, ou o mesmo apanha se entrar dentro de casa nesses momentos.

 

Depois de conhecer como ocorre e como se adquiri essas fobias, vamos falar de como ajudar esses peludos em caso de crise.

 

Com a chegada das festas de final de ano o importante é começar se preparar para os fogos, bem antes do dia.

 

Por isso algumas medidas tomadas bem antes desses eventos podem ajudar muito seu amigão a passar melhor pela crise.

 

    Procure deixá-lo em local fechado e livre de algo que ele possa se machucar.

 

Primeiro para casos mais leves, aqueles dos cães que somente procuram abrigo, você poderá ajudá-lo construindo um abrigo para que ele se sinta seguro e protegido, você pode usar o lugar onde ele costuma se esconder como embaixo da cama, ou outro lugar bem fechado onde somente ele consiga ver o que acontece em volta, sem que ninguém o veja. Se tiver uma caixa de transporte ou gaiola, cubra com um cobertor ou lençol com seu cheiro, além de ele se sentir abrigado como se estivesse em um covil, ele ainda saberá pelo cheiro que está sempre por perto.

 

Em casos de cães que tem pavor de fogos, é importante todas dicas dadas acima com acréscimo de mais algumas precauções, evite colocar corrente ou corda nesse dia, ele poderá se enforcar procure deixá-lo em local fechado e livre de qualquer coisa ou objeto que ele possa se machucar. Se tiver que viajar não esqueça, se seu cão vai ficar sozinho deixe alguém responsável por olhar ele antes e depois da queima, certifique-se que tudo estará trancado nessa hora, pois se ele fugir já viu ele irá correr até que as bombas parem, e isso geralmente ocorre pela manhã e ele poderá se perder ou ser atropelado.

 

Por Jorge Pereira.