Ínicio > Cães > Comportamento > Fogos de artifício e cães não combinam

Fogos de artifício e cães não combinam

Fogos de artifício e cães não combinam

São vários os eventos nos quais as pessoas soltam rojões: Natal, Ano Novo, Copa do Mundo, Campeonatos de futebol, Festas Juninas, ufa! Quem tem animalzinho em casa sabe o quanto eles sofrem com isso. Em pânico com o barulho, muitas vezes ficam desorientados, podendo se machucar ou fugir de casa, por exemplo, correndo o risco de ser atropelado nas ruas ou mesmo, correndo o risco de se perder. 

 

Mas já que não temos controle em relação aos fogos, podemos ao menos ajudar nossos peludinhos a passarem por esses momentos da melhor forma possível.

 

Reunimos nesse post algumas dicas para ajudar a proteger seu amigo de quatro patas nos dias de muitos rojões no céu:

 

- Não deixe ele sozinho. Quando programamos uma viagem também precisamos programar o que faremos com nosso amiguinho, seja pedindo para alguém de confiança ficar com ele ou contratando serviços de dogsitter ou hotelzinho para cães, o importante é garantir que ele se sinta seguro nas horas mais barulhentas.

 

- Não deixe os cãezinhos acorrentado, pois ao ouvir os fogos, os cães entram em pânico e podem acabar se sufocando.

 

- Se você tem uma piscina em casa, cubra-a bem para evitar que animais assustados caiam e se afoguem nela. Lembre-se de que mesmo sabendo nadar, se o nível da água estiver baixo, eles não conseguirão sair sozinhos.

 

- Feche portas e janelas para evitar fugas. Assim você garante que eles ficarão protegidos dentro da sua casa.

 

- Se você tem mais de um cão, separe-os, pois com o barulho alto, eles podem se assustar e brigar entre si.

 

- Sirva a ração em pequenas refeições. Com muito alimento no estômago, ele pode ter problemas de digestão, caso entre em pânico.

 

- Se o seu cãozinho ou gato é do tipo que fica muito assustado, procure um veterinário de confiança e peça indicações de ansiolíticos para os dias mais críticos.

 

- Abrace-o e tampe os ouvidos com suas mãos em formato de conchas. Pode parecer pouco, mas como o ruído é muito alto, só de abafar o som e estar protegido pelos seus braços seu amiguinho já pode se assustar menos.

 

Você usa mais algum truque para proteger seu amigo? Conte para gente nos comentários e ajude a proporcionar uma noite tranquila e com muitos lambeijos, afinal de contas, é tudo que eles merecem, né? ;)

 

Artigos Relacionados