Ínicio > Cães > Comportamento > 7 dicas para seu cão se dar bem com as visitas

7 dicas para seu cão se dar bem com as visitas

7 dicas para seu cão se dar bem com as visitas

É  possível garantir um ambiente tranquilo entre cães e visitas?

"Meu cãozinho só aceita quem quer por perto", "Já tem 1 ano que estamos com ela e continua agressiva", "Eu sempre dei carinho e mesmo assim ele tem esse comportamento, porque isso acontece?"

 

Você se viu em uma dessas frases? A gente ama nossos cãezinhos e queremos dar tudo do melhor para eles, por isso quando eles ficam latindo muito para outras pessoas, como amigos ou vizinhos, ficamos sem saber como lidar. São pessoas que irão frequentar nossas casas com uma certa frequência, por isso é essencial ensinar nossos filhotes a socializar com eles, garantindo uma convivência tranquila e feliz para todos.

A ajuda de um adestrador é muito bem vinda, pois ele irá acompanhar o seu cão, e dar dicas de como mudar o comportamento, mas nem sempre é possível contratá-lo seja por motivos financeiros ou por não ter acesso fácil a esse tipo de profissional na sua cidade, por isso reunimos aqui algumas dicas que você pode seguir:  

 

●      Não force seu cãozinho a interagir com as pessoas. Deixa acontecer de forma natural, sabe? Aos poucos ele vai ficando à vontade e sentindo seguro para se aproximar e cheirá-las.

 

      
Calma cara, a gente acabou de se conhecer
 

●      Não apresente várias pessoas ao mesmo tempo. Se a ideia é acostumá-lo aos poucos, imagina trazer um monte de gente de uma vez? Além de deixá-lo confuso, sem saber para quem dar atenção, pode ficar ansioso e estressado, dificultando todo o processo.
 

●      Ao apresentar alguém, não faça nenhum movimento brusco. Apenas observe como ele reage. Se estiver tudo bem, peça para a visita interagir com o cão, falando calmamente enquanto faz um carinho em sua orelha. Se começar a latir muito ou tentar avançar, fale firme com ele e diga "Não", para que ele perceba que você não gostou do que ele fez.
 

●      Não grite nem utilize de castigos físicos, pois além de não ensinar, ele ficará assustado e confuso. Seja firme ao ensiná-lo, ele precisa confiar em você, por isso não tenha medo de repreendê-lo, mas sem gritar: apenas fale "Não".
 

●      Nossos anjinhos são extremamente sensitivos. Quando estamos tensos, eles sentem e podem ficar também, por isso a importância de se manter calmo e passar segurança enquanto os educa.
 

●      Tenha paciência. Não é tão simples, mas com carinho e calma você conseguirá educá-lo, tenha sempre em mente que será a melhor coisa para a convivência em casa.
 

●      Recompense-o com petiscos quando ele fizer alguma coisa legal, como por exemplo parar de latir, abanar o rabinho e lamber a visita. Ganhando o mimo você o estimula a repetir o bom comportamento
 


Nhammmmmmm 
 


Agora é sua vez de testar tudo em casa e contar para gente o que funcionou com você. E lembre-se: alguns passos podem demorar mais que os outros, por isso tenha bastante paciência!  A liberdade de trazer alguém para casa, que tenha um bom convívio com o seu melhor amigo, é a melhor sensação! 

 

Agora sim o seu cãozinho já está pronto para receber muuuuuito carinho das visitas! ;)

 

Artigos Relacionados